Suprema Corte pode tomar decisão sobre casamento gay

A Suprema Corte dos Estados Unidos se reúne nesta quarta-feira para emitir pareceres a respeito de dois casos que podem alterar consideravelmente os direitos dos gays em todo o país.

Agência Estado

26 de junho de 2013 | 09h58

A expectativa é que os juízes discutam os primeiros casos sobre casamento gay na última sessão antes do recesso de verão do tribunal. Serão discutidas a proibição constitucional da Califórnia ao casamento entre pessoas do mesmo sexo e a Lei de Defesa do Matrimônio, que nega a gays legalmente casados uma série de benefícios fiscais, de saúde e de aposentadoria disponíveis para casais heterossexuais.

No caso de uma decisão favorável, o gays norte-americanos podem passar a ter os mesmos direitos matrimoniais que os heterossexuais.

Mas se o tribunal derrubar a Proposição 8, da Califórnia, ou permitir que tribunais inferiores que derrubaram a proibição possam mantê-la, levará cerca de um mês para que os casamentos entre pessoas do mesmo sexo sejam retomados no Estado norte-americano mais populoso, declarou um funcionário de San Francisco.

A decisão da Suprema Corte acontece num momento de rápidas mudanças no que diz respeito ao casamento gay. O número de Estados que permitem o casamento entre pessoas do mesmo sexo mais do que dobrou em menos de um ano. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUAcasamento gay

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.