Supremo confirma absolvição de Berlusconi

O Supremo Tribunal italiano confirmou ontem a absolvição do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi nos processos em que era acusado de corrupção. Em 2004, um tribunal de Milão livrou o ex-líder das acusações de que teria subornado juízes na transação de venda da empresa estatal alimentícia SME, nos anos 80. Em abril, uma corte de apelações também absolveu Berlusconi e ontem o Supremo Tribunal manteve o veredicto. Na época do caso, Berlusconi fazia parte de um grupo de magnatas que queriam comprar a SME.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.