Supremo rejeita apelação de TV oposta a Chávez

O Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela rejeitou ontem a apelação da Globovisión contra uma multa de US$ 2,18 milhões imposta por supostamente violar a lei ao cobrir a ação militar para conter uma rebelião carcerária em 2011. A Globovisión, única TV privada de oposição ao governo Hugo Chávez, diz que não tem como pagar a multa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.