Surfistas gaúchos retornam de Bali

Quatro surfistas gaúchos que estavam em Bali, na Indonésia, durante o atentado terrorista da semana passada, retornaram ontem a Porto Alegre, onde foram recepcionados por familiares e amigos no Aeroporto Salgado Filho. Rafael Plá Pereira, Leonardo Francisco Wartha, Fábio Andrade Néri e Édson Andrade Néri, todos com idade entre 16 e 20 anos, estavam a 200 metros do local da explosão na boate, relataram que foram testemunhas de cenas horríveis. "Logo depois da explosâo era gente ferida para todos os lados. Nunca vamos esquecer o que presenciamos lá em Bali", afirmou Fábio Néri. A viagem dos quatro jovens, que era para ser apenas de turismo e lazer, terminou de forma dramática, pois todos tiveram até dificuldades para deixar a ilha. "Todo mundo queria sair de lá ao mesmo tempo e, como os vôos estavam lotados, tivemos que entrar numa fila de espera até conseguir lugar", explicou Rafael Pereira.Uma semana depois dos atentados, dois brasileiros continuam desaparecidos. Um é o paulista Alexandre Moraes Watake e o outro é o sargento gaúcho Marco Antônio Farias, que participa da força de paz da ONU no Timor Leste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.