Surge novo caso de gripe aviária em fazenda sul-coreana

Um novo caso de gripe aviária foi detectado numa fazenda de Cheonan, ao sul de Seul, que vai exigir o sacrifício de 270 mil frangos, informaram as autoridades sanitárias sul-coreanas neste sábado.A Coréia do Sul foi duramente afetada em 2003 e 2004 pela gripe aviária e em novembro surgiu outro foco. Até agora não houve nenhum caso de contaminação entre humanos.Segundo informa a agência sul-coreana "Yonhap", o novo foco de gripe aviária surgiu numa área que foi atingida pela doença em 2004. Jang Ki-yoon, do Ministério da Agricultura, disse à agência "Yonhap" que serão sacrificados os frangos numa área de 500 metros ao redor da fazenda.Entre 2003 e 2004 foram sacrificadas mais de 5 milhões de aves de criação na Coréia do Sul para evitar que o vírus se espalhasse.As autoridades sanitárias sul-coreanas informaram que 10 pessoas obtiveram anticorpos após ser expostas ao H5N1, mas não apresentam sintomas e portanto não são portadoras do vírus.Desde 2003, o vírus H5N1 infectou 258 pessoas de 10 países, das quais 161 morreram, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.