Suspeita de atentado químico contra empresa na Rússia

A polícia de Moscou realiza testes para detectar agentes químicos nos escritórios da empresa petrolífera BP, onde funcionários passaram mal depois de manusear a correspondência. A polícia informa que uma pessoa que telefonou da sede da empresa disse que os funcionários queixaram-se com dor de cabeça, irritação na pele e nos olhos depois de manusear correspondência vinda de Houston, Texas (EUA), segundo a agência de notícias Interfax.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.