Suspeito ataque maoísta mata 12 pessoas na Índia

Um suspeito ataque maoísta no leste daÍndia matou 12 seguranças neste sábado, após ter ocorrido umaexplosão no veículo em que estavam. "Doze seguranças, incluindo o motorista do veículo e umpolicial, morreram na explosão de uma mina terrestresupostamente detonada por rebeldes maoístas", afirmou S.N.Pradhan, o porta-voz da policia de Jharkhand. Os rebeldes atuam em uma grande faixa da Índia, que seestende do leste do país até alguns Estados do sul, a maioriano interior, e atacam autoridades governamentais epropriedades. Eles dizem que estão lutando pelos direitos de milhões decamponeses pobres e trabalhadores sem terra. Milhares depessoas já foram mortas na insurgência, que começou no fim dosanos 1960. (Reportagem de Nityanand Shukla)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.