AP Photo/Damian Dovarganes
AP Photo/Damian Dovarganes

Suspeito de alterar letreiro de 'Hollywood' se entrega à polícia

Zachary Cole Fernandez, um artista local de 30 anos, foi à delegacia acompanhado de seu advogado e acabou sendo liberado pouco depois; audiência em fevereiro decidirá se ele será denunciado ou não por invasão de propriedade

O Estado de S. Paulo

10 Janeiro 2017 | 08h43

LOS ANGELES, EUA - O suspeito de alterar o famoso letreiro de "Hollywood" para criar a palavra "Hollyweed", uma referência à legalização da maconha, se entregou na segunda-feira, 9, à polícia. 

Zachary Cole Fernandez, um artista local de 30 anos, suspeito do delito de invasão de propriedade, foi à delegacia acompanhado de seu advogado e acabou sendo liberado pouco depois.

Uma audiência foi marcada para o dia 15 de fevereiro, quando se decidirá se Fernandez será denunciado ou não, informou a polícia de Los Angeles (LAPD).

Na madrugada de 1º de janeiro, imagens de uma câmera de segurança mostraram um homem vestido de preto escalando as letras de uma das maiores atrações turísticas de Los Angeles para transformar o "wood" em "weed", formando a palavra "Hollyweed".

O termo inglês "weed" significa maconha, cujo uso foi legalizado na Califórnia no referendo de novembro de 2015. As autoridades trataram o fato como invasão de propriedade e não como vandalismo porque o letreiro não foi danificado. / AFP

Mais conteúdo sobre:
HollywoodCalifórniaMaconha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.