Suspeito de atentado em Boston se declara inocente

O suspeito de ter explodido as bombas na Maratona de Boston, Dzhokhar Tsarnaev, se declarou inocente das 30 acusações respondidas por ele, inclusive o uso de arma de destruição em massa.

AE, Agência Estado

10 de julho de 2013 | 17h09

Com sotaque russo, Tsarnaev tomou o microfone e se declarou "inocente", em todas as acusações atribuídas a ele. Promotores federais estão avaliando se pedem a pena de morte para o rapaz de 19 anos.

Autoridades disseram que Tsarnaev e seu irmão mais velho, Tamerlan, são responsáveis pelas explosões que mataram três pessoas e feriram mais de 260 pessoas na maratona no dia 15 de abril. O irmão mais velho de Tsarnaev foi morto três dias após as explosões em um tiroteio com a polícia. Dzhokhar Tsarnaev foi encontrado logo depois escondido em um barco no subúrbio da cidade.

Esta foi a primeira vez que Tsarnaev apareceu publicamente desde que foi preso em 19 de abril. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABostonatentadomaratona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.