Suspeito de integrar Al-Qaeda é preso na Alemanha

Um homem de 40 anos foi preso na noite de ontem em um hotel da cidade alemã de Moenchengladbach, suspeito de integrar a rede Al-Qaeda, do terrorista saudita Osama bin Laden. O nome e a nacionalidade do homem não foram divulgados. Cerca de cem policiais cercaram o hotel Dorint, onde estariam hospedados três suspeitos de ligação com a rede terrorista, mas apenas um deles foi detido, disse o porta-voz da polícia, Juergen Moeller. Segundo ele, não foram encontradas armas no local, apenas uma ?grande quantia em dinheiro? não especificada. A polícia agora investiga se o suspeito, que se registrou no hotel ontem mesmo, está envolvido na compra de armas e explosivos ou se fez algum contato em Moenchengladbach. Leia o especial

Agencia Estado,

06 Janeiro 2002 | 09h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.