Suspeito de ser da Al-Qaeda se explode no Iêmen

De posse de explosivos, uma pessoa suspeita de pertencer à rede Al-Qaeda explodiu a si própria nesta quarta-feira, depois de ter sido detida por forças de segurança iemenitas, segundo declaração da polícia.A declaração dizia que Sameer al-Hada, de 25 anos, estava sendo perseguido pelas forças de segurança do Iêmen, e havia sido detido para interrogatório, quando ameaçou a polícia com uma granada de mão.A granada explodiu na mão de Sameer, matando-o instantaneamente. Nenhum policial ficou ferido. O incidente aconteceu num subúrbio da capital iemenita, San´a, no início da noite desta quarta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.