Suspeito de terrorismo é detido com armas e material pirotécnico na Holanda

Serviço de inteligência descobriu que homem planejava um ataque no país

O Estado de S.Paulo

09 Dezembro 2016 | 16h22

AMSTERDÃ - A polícia de Roterdã prendeu um suspeito de preparar um ato terrorista e que tinha em seu poder armas e material pirotécnico ilegal, anunciou nesta sexta-feira,9, o procuradoria holandesa.

O suspeito de 30 anos foi detido na quarta-feira, em uma casa da cidade portuária e a polícia apreendeu um fuzil de assalto Kalashnikov AK-47, dois pentes repletos e quatro caixas com material ilegal de pirotecnia, assim como uma pintura representando a bandeira usada pelo grupo Estado Islâmico, além de celulares e 1.600 euros.

A procuradoria baseou suas investigações em informações recebidas dos serviços de inteligência holandeses.

Segundo a fonte, o suspeito estria preparando um ataque, mas ainda não há detalhes.

Holanda se encontra em estado de alerta desde os atentados de 2015 em Paris.

Os serviços holandeses de luta contra o terrorismo (NCTV) afirmaram no mês passado que a ameaça terrorista poderá aumentar na Holanda se o grupo Estado Islâmico for derrotado na Síria e no Iraque, o que poderá provocar a volta de cerca de 270 holandeses que se alistaram nas fileiras dos radicais. /AFP

Mais conteúdo sobre:
Estado Islâmico Holanda Paris Síria Iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.