Suspeito pela morte de Nemtsov denuncia tortura

Checheno Zaur Dadaev disse a conselheiro de direitos humanos que confessou assassinato após apanhar

O Estado de S. Paulo

11 Março 2015 | 12h21

MOSCOU - O checheno Zaur Dadaev, que admitiu ser o autor intelectual do assassinato do opositor russo Boris Nemtsov, teria feito a confissão sob tortura, disse Andrei Babushkin, um conselheiro de direitos humanos do Kremlin.

Após visitar os três chechenos, que estão entre os cinco suspeitos presos no domingo, Babushkin disse que Dadaev apresentava múltiplos ferimentos. O conselheiro acrescentou que outro homem preso juntamente com Dadaev desapareceu e ele pediu às forças de segurança que deem informações sobre seu paradeiro.

O relatório causou imediata irritação do governo russo. O Comitê de Investigação, responsável de encontrar os responsáveis pelo assassinato de Nemtsov no dia 27, perto do Kremlin, acusou Babushkin e Eva Merkacheva, outra funcionária de direitos humanos, de violar as leis.

“Pela rádio dizem coisas horríveis sobre nós. Achava que ao chegar em Moscou poderia contar toda a verdade ao juiz, dizer-lhe que não sou culpado. Mas a juíza nem sequer me deixou falar”, disse Dadaev.

O ex-agente das forças especiais da Chechênia, detido na sexta-feira na vizinha república de Ingushétia, denunciou que a confissão lhe foi arrancada com surras e ameaças feitas pelos agentes que o detiveram.

“Eles me deixaram dois dias com algemas nas mãos, algemas nos pés e um saco plástico na cabeça. Gritavam todo o tempo: Você matou Nemtsov? Eu respondia que não”, garantiu Dadaev.

Segundo o checheno, ele aceitou confessar quando lhe prometeram que libertariam seu amigo e antigo companheiro no batalhão Séver do Ministério do Interior da Chechênia, detido com ele. “Aceitei. Pensei que assim lhe salvaria e chegaria vivo a Moscou”, explicou Dadaev. / NYT e EFE

Mais conteúdo sobre:
Rússia Boris Nemtsov Zaur Dadaev

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.