Suspeito preso em Nova York agiu sozinho, diz general

David Petraeus, o general dos Estados Unidos que monitora as guerras no Iraque e no Afeganistão, afirmou que o suspeito por uma tentativa de atentado na Times Square, em Nova York, agiu sozinho. Ele qualificou hoje Faisal Shahzad, paquistanês com cidadania norte-americana, como um "lobo solitário", que não estaria vinculado a outros extremistas. Petraeus disse que Shahzad foi inspirado por militantes no Paquistão, mas não tinha contato direto com eles.

AE-AP, Agência Estado

07 Maio 2010 | 12h57

Autoridades já informaram que o paquistanês afirmou a investigadores que foi a um campo de treinamento terrorista no Paquistão, mas as autoridades norte-americanas não têm como confirmar essa informação. Shahzad foi detido na noite da última segunda-feira, tentando deixar os EUA em um avião.

Mais conteúdo sobre:
EUA atentado Times Square general Petraeus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.