Suspeito será acusado de causar incêndio na Califórnia

Investigadores informam que acusarão um suspeito de causar os incêndios da semana passada, na Califórnia, de assassinato e incêndio criminoso. As chamas mataram cinco bombeiros. O suspeito, Raymond Lee Oyler, de 36 anos, já está detido, acusado de causar dois outros incêndios florestais. O fogo da última semana foi o pior para os bombeiros dos Estados Unidos de uma década. Em 1994, 14 bombeiros morreram combatendo chamas no Colorado. Oyler responderá, ainda, a dois agravantes: assassinato por meio de incêndio criminoso e múltiplos assassinatos. Essas acusações e agravantes são punidos com prisão perpétua ou morte. uma mulher que atendeu ao telefone na casa da mãe do suspeito recusou-se a fazer comentários. O fogo foi impulsionado pelos ventos, ultrapassou as equipes de combate ao incêndio, destruiu 34 pessoas e consumiu 153 quilômetros quadrados, antes de ser contido, no início desta semana.

Agencia Estado,

02 Novembro 2006 | 17h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.