Suspeitos britânicos admitem complô

Três homens, acusados de planejar um atentado contra um avião de passageiros em 2006, admitiram ontem que pretendiam provocar explosões, mas não contra jatos comerciais. Abdullah Ahmed Ali, Assad Sarwar e Tanvir Hussein e outros cinco muçulmanos britânicos disseram-se inocentes da mais séria acusação - conspiração para cometer assassinato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.