RT / AP
RT / AP

Suspeitos de envenenar ex-espião russo aparecem em TV e dizem que foram ao Reino Unido como turistas

Ruslan Boshirov e Alexander Petrov alegaram que visitaram a cidade britânica de Salisbury em março por sugestão de amigos

O Estado de S.Paulo

13 Setembro 2018 | 08h29

MOSCOU - Os dois homens acusados pelo governo britânico de envenenar o ex-espião russo Serguei Skripal apareceram em uma emissora russa e disseram que visitaram as cenas do crime apenas como turistas.

Ruslan Boshirov e Alexander Petrov fizeram nesta quinta-feira, 13, sua primeira aparição pública em uma entrevista ao canal RT, fundado pelo Kremlin.

Os dois russos alegaram que visitaram a cidade britânica de Salisbury em março, e a qualificaram como um lugar “incrível”. Eles afirmaram que queriam visitar a Catedral de Salisbury. “Nossos amigos vêm sugerindo há muito tempo que deveríamos visitar essa cidade incrível”, disse Petrov.

Relembre: ex-espião foi vítima de agente neurotóxico

Boshirov e Petrov ressaltaram ainda que foram vítimas de uma "fantástica coincidência", e são apenas empresários que estavam em viagem de férias no exterior. Eles também disseram que mereciam um pedido de desculpas dos verdadeiros responsáveis pelo ataque, se um dia eles forem encontrados.

Para o governo britânico, Boshirov e Petrov são agentes do serviço de inteligência militar russo, conhecido como GRU, e foram enviados a Salisbury para envenenar Serguei Skripal e sua filha, Yulia. Recentemente, a polícia de Londres divulgou imagens que mostram os dois russos caminhando pelo bairro de Skripal.

Na quarta-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, afirmou que os dois homens em questão são civis e nenhum deles tem "histórico criminal". Contudo, para o Reino Unido, o mandatário está mentindo. / AP e REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.