Suspeitos de espionagem assumem culpa nos EUA

Os dez suspeitos acusados de espionar para a Rússia disseram a um juiz federal de Nova York hoje que são culpados. A declaração deve definir a maior troca de espiões entre Estados Unidos e Rússia desde o fim da Guerra Fria.

AE-AP, Agência Estado

08 de julho de 2010 | 17h37

As declarações de culpa foram feitas horas antes de os suspeitos serem enviados de volta para a Rússia. Cada um deles declarou ter conspirado para atuar como agentes não registrados em um país estrangeiro. Um 11º suspeito fugiu das autoridades do Chipre após ter sido libertado sob fiança.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaEUAespionagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.