Suspeitos de integrar o ETA são presos no sul da França

Com eles, polícia apreende 160 quilos de explosivos, bombas de gás, detonadores

Agencia Estado

03 Julho 2007 | 15h26

A polícia antiterrorismo francesa deteve na segunda-feira, 2, três supostos membros do grupo separatista basco ETA. Eles estariam dispostos a cruzar a fronteira da Espanha em um furgão carregado com explosivos. Os três detidos foram localizados em Saint Jean Pied de Port, no sul da França, com mais de 160 quilos de explosivos químicos, duas bombas de gás, dois detonadores e um rifle, segundo a polícia local. Os suspeitos foram detidos por agentes da força antiterrorismo, detetives locais e agentes da inteligência policial a uns 15 quilômetros da fronteira com a Espanha. No começo de julho, o ETA anunciou a ruptura definitiva da trégua acordada em março de 2006, e acrescentou que empreenderia uma campanha em todas as frentes.

Mais conteúdo sobre:
ETA França Espanha suspeitos terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.