Suspeitos de trama terrorista vão à corte

As onze pessoas acusadas de participar da trama para explodir aviões da rota Londres-EUA foram levadas de uma delegacia de polícia para a primeira aparição perante o juiz nesta terça-feira.A apresentação marcada na Corte dos Magistrados da Cidade de Westminster será a primeira vez que os suspeitos, acusados nesta segunda-feira por crimes de terrorismo, aparecerão em público desde quando foram presos em dez de agosto. Oito pessoas foram acusadas por dois crimes, conspiração para cometer assassinato e preparo de atos terroristas. Uma pessoa de 17 anos foi acusada por posse de artigos que poderiam ser usados para o preparo de ato terrorista, e duas pessoas foram acusadas por omitir informações que poderiam auxiliar na prevenção de ato terrorista.Um suspeito foi liberado sem acusações, enquanto 11 continuam em custódia, mas ainda não foram acusados.Investigadores avisaram que o caso ainda está sob investigação."Digitais, DNA, informações digitais, comparações de escrita e uma vasta gama de disciplinas forenses será usada", afirmou Peter Clarke, chefe da unidade antiterrorismo da Polícia Metropolitana.Funcionários britânicos confirmaram nesta segunda-feira, pela primeira vez, que a trama envolvia a produção de explosivos que seriam montados e detonados a bordo dos aviões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.