Suspensa demolição de casas em assentamento

O ministro da Defesa de Israel, Ehud Barak, ordenou ontem a suspensão da demolição de casas israelenses construídas no assentamento judaico de Ofra sobre terrenos particulares palestinos na Cisjordânia. A demolição tinha sido pedida em junho por moradores da aldeia de Ein Yavrud e pelas organizações israelenses de direitos humanos Yesh Din (Existe a Justiça, em hebraico) e B?Tselem, segundo um comunicado dessas ONGs. Eles exigiram ao Tribunal Supremo que ordenasse ao Estado a retirada desse assentamento, referindo-se especificamente a nove casas construídas em terras privadas palestinas. O Estado respondeu à corte que Barak tinha decidido adiar as ordens de demolição ao considerar que as casas foram habitadas durante um longo período e estão situadas nos limites do assentamento de Ofra, e não em uma área considerado ilegal pelas próprias autoridades israelenses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.