Suspensa imunidade de Pinochet

A Corte de Apelações chilena aprovou a suspensão da imunidade judicial do general Augusto Pinochet e abriu as portas para mais um processo contra o ex-ditador, agora pelo assassinato do ex-chefe do Exército chileno, general Carlos Prats, na Argentina, em 1974. Os juízes do tribunal decidiram suspender a imunidade de Pinochet por 14 votos a 9.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.