Tailandês é detido após deixar dedos do pé em local do roubo

Atthapol Maenkrathok, de 42 anos, perdeu os cinco dedos de um de seus pés durante a fuga

EFE

21 de abril de 2009 | 03h08

A Polícia da Tailândia deteve um ladrão que perdeu vários dedos de um pé ao escapar do local do roubo, informa nesta terça-feira a imprensa local. Atthapol Maenkrathok, de 42 anos, foi detido no fim de semana passado quando era atendido em um hospital da província de Uttaradit, no norte do país.

 

Segundo a investigação, Maenkrathok roubou há duas semanas cerca de 1.400 bat (US$ 39) em dinheiro, além de bilhetes de loteria e um colar avaliado em US$ 1 mil de uma passageira do trem noturno entre Chiang Mai e Bangcoc.

 

O detido confessou à polícia que ficou em um vagão de segunda classe do trem e esperou que os passageiros dormissem para furtar seus pertences. Ao saltar do trem em sua fuga, o ladrão perdeu os cinco dedos de um de seus pés e esqueceu uma bolsa que continha um cartão de visitas e várias ferramentas que utilizava para roubar.

 

"Perguntamos a alguns moradores da região e nos disseram que um homem tinha pedido ajuda, alegando que tinha caído do trem", assinalou um dos agentes encarregados do caso.

 

A Polícia tailandesa encontrou na casa de Maenkrathok 216 objetos roubados, entre eles 20 telefones celulares, oito câmaras, nove relógios, 52 amuletos e uma pistola que pertencia a um agente de segurança do serviço ferroviário.

Tudo o que sabemos sobre:
TAILÂNDIABANGCOC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.