Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Tailandeses protestam contra plano de emendar Constituição

Manifestantes se reuniram em um parque central de Bangcoc nesta sexta-feira para protestar contra o plano do governo tailandês para fazer uma emenda na Constituição, que os críticos afirmam ser uma manobra para permitir que o ex-primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra retorne do exílio.

AMY SAWITTA LEFEVRE, REUTERS

02 de março de 2012 | 14h03

A Tailândia passou por crises de agitação política violenta desde que Thaksin foi deposto em um golpe em 2006, e as ações para mudar a Constituição ameaçam aumentar a temperatura novamente após um período de calmaria desde que a sua irmã, Yingluck Shinawatra, tornou-se primeira-ministra em uma eleição geral em julho do ano passado.

O protesto foi organizado pelo grupo monarquista Siam Samakkhi (Siam Unido), que também está preocupado que o governo pode tentar alterar leis de lesa-majestade que impõem penas de prisão pesadas sobre as pessoas consideradas culpadas de insultar o rei. O governo nega ter essa intenção.

"Yingluck está definitivamente mudando a Constituição para beneficiar seu irmão, mas quando a mídia pergunta, ela nega isso", disse Pranon Tawamongkol, de 62 anos, uma das cerca de 1.500 pessoas que se reuniram para ouvir discursos no Parque Lumpini, no início da noite.

O Parlamento votou na semana passada a criação de uma assembleia para elaborar emendas à Constituição, que foi proposta sob o governo militar pós-Thaksin em 2007.

Em 2008, Thaksin foi condenado à revelia a dois anos de prisão após ser declarado culpado de abuso de poder por ajudar sua ex-mulher a comprar terrenos de propriedade estatal enquanto ele estava no poder. Ele fugiu para o exterior pouco antes para evitar ir para a cadeia.

Tudo o que sabemos sobre:
TAILANDIACONSTITUICAOPROTESTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.