Tailandeses vão às ruas exigir novas eleições

Dezenas de milhares de partidários do ex-primeiro-ministro tailandês no exílio, Thaksin Shinawatra, tomaram as ruas de Bangcoc neste domingo para exigir a destituição do governo e a convocação de eleições antecipadas. A multidão vestida de vermelho e estimada em cerca de 100 mil pessoas chegou à capital do país em caminhões e ônibus. O protesto ocorreu duas semanas após mais da metade da fortuna do ex-primeiro-ministro ter sido confiscada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.