Tailândia: golpistas prometem eleições em 2015

O líder da junta militar da Tailândia disse que uma nova constituição interina será outorgada no próximo mês e que as eleições serão realizadas em outubro de 2015.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2014 | 13h17

O general Prayuth Chan-ocha, que assumiu o poder no mês passado por meio de um golpe militar, anunciou que a constituição temporária permitirá uma legislatura e um gabinete interinos que devem começar a governar o país em setembro. Ele disse que depois um comitê de reforma e elaboração constitucional será nomeada e então trabalhará em uma constituição que entrará em vigor em julho de 2015.

Prayuth disse que a eleição será realizada após a aprovação da nova Constituição. Ele não fez nenhuma referência pública sobre a nova carta, como aconteceu em 2007, após um golpe de Estado anterior contra um governo eleito. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiagolpe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.