Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Tailândia inicia campanha de vacinação contra covid-19

O país recebeu suas primeiras 200 mil doses da vacina Sinovac da China e 117 mil doses importadas da vacina da AstraZeneca esta semana

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de fevereiro de 2021 | 02h56

A Tailândia deu início à campanha de vacinação contra a covid-19 neste domingo, 28, com ministros de gabinete, funcionários da saúde e profissionais da área médica entre os primeiros na fila para receber as vacinas.

As primeiras doses da vacina, desenvolvida pela Sinovac Biotech da China, foram dadas ao vice-primeiro-ministro Anutin Charnvirakul e a outras autoridades em um instituto de doenças infecciosas nos arredores de Bangkok.

“Espero que a vacinação resulte na proteção das pessoas contra a disseminação da covid-19 e permita que a Tailândia volte à normalidade o mais rápido possível”, disse Anutin a repórteres depois.

A Tailândia recebeu suas primeiras 200 mil doses da vacina Sinovac da China e 117 mil doses importadas da vacina da AstraZeneca esta semana.

A CoronaVac foi distribuída para 13 províncias de alto risco, que começarão a vacinarprofissionais de saúde de primeira linha e voluntários no domingo. A Tailândia deve receber mais 1,8 milhão de doses de CoronaVac em março e abril.

A vacina da AstraZeneca estará pronta para uso na segunda semana de março, após passar por testes de controle de qualidade.

Uma campanha em massa para administrar 10 milhões de doses por mês está programada para começar em junho, com 61 milhões de vacinas AstraZeneca produzidas pela empresa local Siam Bioscience.

Com uma contagem de pouco mais de 25 mil infecções, a Tailândia escapou do tipo de precipitação sofrida por alguns outros países desde o início da pandemia no ano passado. / Com informações da Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.