Tailândia: mortos em explosão de bomba chegam a oito

Subiu para oito o número de mortos na explosão acidental de uma bomba da Segunda Guerra Mundial ontem em Bangcoc, capital da Tailândia. As vítimas eram trabalhadores de uma loja de sucatas. Outras vinte pessoas ficaram feridas, informou a polícia local.

AE, Agência Estado

03 de abril de 2014 | 17h37

O chefe do esquadrão antibombas da polícia tailandesa, Kamthorn Auicharoen, disse que operários de construção encontraram a bomba enterrada em uma construção e venderam para a loja de sucatas, que fica no bairro de La Plakao, no norte de Bangcoc. Segundo ele, trabalhadores da loja estavam usando um cortador térmico a gás para desmontar a bomba quando ela explodiu.

A explosão destruiu a loja e danificou casas vizinhas. "Provavelmente esta é uma bomba derrubada de um avião durante a Segunda Guerra Mundial", disse Kamthorn.

Bangcoc foi bombardeada por aviões norte-americanos e britânicos durante a Segunda Guerra Mundial, quando foi invadida por forças japonesas e serviu como um centro para a campanha do Japão no Sudeste Asiático. Bombas enterradas dessa época são encontradas de tempo em tempo em outras cidades asiáticas, como Hong Kong e Cingapura. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
TailândiaexplosãoAtualiza 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.