Tailândia tem mais 4 casos suspeitos de gripe avícola

A Tailândia registrou quatro novos casos suspeitos de gripe aviária em humanos. Além disso, o vírus foi detectado pela primeira vez entre aves no sul do país, depois de ter se alastrado pelas regiões norte e central, informaram hoje autoridades. De acordo com o porta-voz do governo, Jakrapob Penkair, as pessoas com suspeita de terem sido contaminadas são de províncias centrais. Até o momento, duas crianças já morreram na Tailândia por conta da doença. Num outro caso confirmado de contaminação, a pessoa continua hospitalizada. A Tailândia identificou 12 casos suspeitos, incluindo sete pessoas que já morreram, segundo o vice-primeiro-ministro Somkid Jatusripitak. O número de casos suspeitos vem sendo ajustado diariamente, à medida que novos casos são registrados e alguns dos antigos são descartados. Os testes para confirmação dos casos podem levar cerca de uma semana, segundo autoridades. O governo também informou hoje que o vírus da doença foi encontrado na província Phang Nga, próxima do resort da ilha Phuket. Com esse novo registro, o número de províncias infectadas sobe para 32 de um total de 76 províncias, incluindo a capital Bangcoc. Os alertas sobre a disseminação da doença por meio de aves mais selvagens deram início a um programa de extermínio de pombos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.