Tailândia vai proteger portos e aeroportos

A Tailândia irá tomar medidas para proteger os principais portos e aeroportos do país nas próximas horas, enquanto enfrenta violentos protestos de rua contra o primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva, disse nesta segunda-feira Panitan Wattanayagorn, porta-voz do governo.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

13 de abril de 2009 | 03h33

"Nas próximas horas várias medidas de segurança serão tomadas para proteger todos os principais portos, aeroportos e infraestruturas importantes para a sua própria segurança", afirmou o porta-voz.

O governo da Tailândia declarou ontem estado de emergência dentro e ao redor de Bangcoc, enquanto milhares de manifestantes pediam que o primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva deixasse o cargo.

"Gostaríamos de assegurar que a situação de agitação na Tailândia está sendo controlada", disse o porta-voz, ao mesmo tempo em que soldados enfrentavam manifestantes nas ruas da capital.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaproteçãoportos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.