Taipé e Pequim ficam do mesmo lado contra Tóquio

Taiwan afirmou ontem que convocou para consultas seu representante no Japão, Shen Ssu-tsun, em protesto contra a compra, por Tóquio, de ilhas reivindicadas por japoneses, chineses e taiwaneses. "Condenamos a nacionalização, pelo Japão, das Ilhas Diaoyu, uma ação ilegal que viola a soberania de Taiwan", disse o chanceler taiwanês, Timothy Yang. "Exigimos que o governo japonês revogue essa medida." / EFE

O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.