Taiwan injetará US$ 95,5 milhões na América Latina

Taiwan injetará este ano 3 bilhões de dólares taiuaneses (US$ 95,5 milhões) em um fundo conjunto de desenvolvimento destinado a fomentar investimentos em seus aliados latino-americanos, assinala um comunicado oficial divulgado hoje.O Governo reservou um orçamento de 6 bilhões de dólares taiuaneses para financiar o projeto e outros de cooperação econômica em investimentos internacionais, disse o presidente do Conselho de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Hu Sheng-cheng.Vários fabricantes taiuaneses apresentaram solicitações ao Governo para investir na América Latina, sobretudo nos setores têxteis, de discos ópticos e de produtos agrícolas, acrescentou Hu.Taiwan lançou o projeto do fundo conjunto de prosperidade, dotado de US$ 225 milhões, durante a visita do presidente taiuanês, Chen Shui-bian, à Guatemala, em setembro de 2005.O projeto busca impulsionar as empresas taiuanesas para que realizem maiores investimentos na América Central, do Sul e nos países caribenhos por meio de empréstimos de um fundo governamental.Taiwan mantém fortes laços de cooperação econômica com seus aliados diplomáticos, baseados em empréstimos, ajuda técnica, construção de infra-estrutura e promoção de investimentos, destinados a melhorar a situação econômica de seus aliados.A América Latina e o Caribe abrigam 12 dos 25 aliados políticos de Taiwan, o que transforma a região na mais importante para a diplomacia do território, frente ao bloqueio internacional imposto pela China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.