Taiwan prepara escudo antimísseis contra a China

O Exército de Taiwan desenvolverá, até 2013, um sistema global antimísseis para proteger a ilha em caso de ataque da China, anunciou o ministro da Defesa taiwanês, Tang Yiau-min. Ele justificou o plano alegando que "Pequim não renunciou ao uso da força contra a ilha e ampliou o alcance de seus mísseis, de 6 mil quilômetros para 12 mil quilômetros". As Forças Armadas de Taiwan foram postas em alerta hoje pelo temor de que a China tente invadir a ilha, aproveitando uma guerra contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.