EFE
EFE

Taiwan registra primeiros casamentos gays da Ásia

Em maio de 2017, o Tribunal Constitucional da ilha já havia julgado inconstitucional o fato de privar pessoas do mesmo sexo do direito de se casarem e deu data limite para o Parlamento aprovar legislação

AFP, O Estado de S.Paulo

24 de maio de 2019 | 07h00

TAIPÉ - Taiwan passou a aceitar nesta sexta-feira, 24, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, com as repartições públicas recebendo os primeiros casais interessados em registrar sua união. O país é o primeiro na Ásia a aceitar o casamento homoafetivo.

Shane Lin e Marc Yuan, dois jovens que se conheceram no colégio, foram os primeiros a chegar em uma repartição pública na capital, Taipé. Se beijaram e posaram para fotos com familiares e amigos antes de firmar a certidão de casamento. Logo em seguida, foi a vez da autora teatral LiYing Chien e sua companheira, uma desenhista conhecida como Cynical Chick, de assinar a certidão de casamento.

Na sexta, 17, o Parlamento de Taiwan legalizou o casamento gay, um fato sem precedentes na Ásia, dois anos depois de uma decisão histórica da mais alta corte da ilha. Em maio de 2017, o Tribunal Constitucional da ilha julgou inconstitucional o fato de privar pessoas do mesmo sexo do direito de se casarem.

A corte deu ao governo até 24 de maio de 2019 para mudar a lei, advertindo que se não fizesse nada, o casamento gay se tornaria legal. A lei coloca Taiwan na vanguarda do crescente movimento pelos direitos dos homossexuais na Ásia, e foi uma vitória importante para a comunidade LGBT em Taiwan, que luta há anos para obter direitos iguais aos de casais heterossexuais.

Espera-se que ao menos 300 casais gays se apresentem a repartições públicas para registrar sua união, sendo 150 na cidade de Taipé.

Confira os países que permitem o casamento homoafetivo

Tudo o que sabemos sobre:
Taiwan [Ásia]casamento gay

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.