Ali Haider/Efe
Ali Haider/Efe

Talabani diz que não autorizará execução de vice de Saddam Hussein

Tariq Aziz foi condenado à morte no Iraque por perseguir partidos islâmicos

Reuters

17 de novembro de 2010 | 08h44

PARIS - O presidente do Iraque, Jalal Talabani, disse nesta quarta-feira, 17, que não autorizará a execução de Tariq Aziz, ex-vice do ditador Saddam Hussein. Aziz foi condenado à morte no mês passado por ter perseguido partidos islâmicos durante o período da ditadura no país.

 

"Não, eu não vou assinar a ordem de execução para Tareq Aziz porque sou um socialista. Simpatizo com Aziz porque ele é um iraquiano cristão. Além disse, ele já é idoso, tem mais de 70 anos", argumentou o presidente em uma entrevista dada para a o canal France 24.

 

A Suprema Corte do Iraque passou a pena de morte para Aziz no final de outubro. Aziz era uma das faces mais conhecidas do governo repressivo de Saddam Hussein.

 

O Vaticano e a Rússia pediram que o iraquiano não fosse executado pelo bem dos direitos humanos, pontuando sua idade e os problemas de saúde com os quais sofre.

Tudo o que sabemos sobre:
AzizIraqueTalabaniSaddam Hussein

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.