Talabani pede reunião de chanceleres árabes em Bagdá

O presidente iraquiano, o curdo Jalal Talabani, pediu nesta quinta-feira, 29, a realização de uma reunião extraordinária dos ministros de Assuntos Exteriores árabes em Bagdá, como um sinal de apoio ao governo iraquiano.Talabani, o primeiro curdo a assistir a uma Cúpula da Liga Árabedesde sua criação, há mais de 60 anos, não propôs uma data para tal reunião, mas pediu aos chefes de Estado do organismo, reunidos em Riad, Arábia Saudita, que aceitem seu convite. "O Iraque espera que vocês aceitem", disse Talabani em discurso pronunciado na sessão de encerramento da cúpula.O presidente iraquiano também pediu aos países árabes que apóiem seu governo nos aspectos "político, econômico e de segurança", cancelem a dívida do Iraque e cooperem com o país na luta contra o terrorismo.Talabani afirmou que o governo de Bagdá se esforça em reduzir aviolência e "solucionar o problema das milícias" armadas xiitas,acusadas no mundo árabe de estar por trás de ações de violênciadiárias contra a comunidade sunita do Iraque.O presidente iraquiano disse também que atua em favor dareconciliação nacional do país e assegurou que o novo plano desegurança aplicado no Iraque está progredindo, mas "precisa detempo".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.