Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Taleban acusa oposição de matar 120 civis

A milícia religiosa do Taleban, que está no poder no Afeganistão, acusou a oposição de matar cerca de 120 civis, a maioria pertencente à etnia pashtu. O jornal Shariat, controlado pelo Taleban, informou, citando testemunhas, que combatentes da oposição mataram 120 pessoas na quarta-feira da semana passada, inclusive crianças, para saquear uma caravana de caminhões de civis a poucos quilômetros de Bamiyan, capital da província de mesmo nome, no centro do Afeganistão. Combatentes da oposição incendiaram caminhões e jogaram diversos cadáveres numa fogueira, informou o Shariat, publicado em idioma pashtu. A oposição rechaçou a acusação do Taleban. "A área onde ocorreu o incidente não está sob nosso controle", informou Mohammed Abil, um porta-voz oposicionista, à Associated Press. Mas, de acordo com o jornal, a chacina teria ocorrido num momento no qual a região estava sob controle da oposição.

Agencia Estado,

21 de fevereiro de 2001 | 17h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.