Taleban amplia prazo para troca de reféns sul-coreanos

Suposto porta-voz do grupo afegão afirma que negociações pela libertação de missionários ganharam mais um dia

Noor Khan, Associated Press

23 Julho 2007 | 13h22

Um suposto porta-voz do Taleban disse nesta segunda-feira, 23, que a milícia islâmica estendeu até a noite de terça-feira, 24, seu prazo para que as demandas pela libertação de 23 reféns sul-coreanos sejam atendidas.   Veja Também Paquistão diz que Bin Laden não está no país Combates no Paquistão matam 37 na fronteira com Afeganistão   Qari Yousef Ahmadi, que alega falar em nome do Taleban, disse na noite desta segunda-feira (horário local) que os militantes estenderam o prazo por mais um dia depois que o governo afegão recusou-se em libertar qualquer um dos 23 prisioneiros do grupo que seriam trocados pelos missionários sul-coreanos.   Os militantes já ampliaram seu ultimato ao menos três vezes. Autoridades afegãs na província de Ghazni encontraram-se com os militantes pessoalmente nos últimos dias e mantém as negociações por telefone. Por enquanto, entretanto, poucos progressos foram conseguidos.  

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão Taleban Coréia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.