Mohammad Ismail/Reuters
Mohammad Ismail/Reuters

Taleban anuncia acordo para abrir escritório no exterior

Tropas estrangeiras devem deixar o país para que a guerra seja encerrada, disse grupo

AE, Agência Estado

03 de janeiro de 2012 | 09h46

CABUL - O grupo Taleban confirmou nesta terça-feira, 3, que chegou a um 'acordo inicial' para abrir um escritório político no exterior como parte de suas conversações de paz com os Estados Unidos.

Veja também:

blog RADAR GLOBAL: O Rastro do Boko Haram

documento PARA ENTENDER: O ‘Taleban da Nigéria’ cresce

Em comunicado publicado em seu suposto site "voz da Jihad", o Taleban disse que manteve "conversações preliminares com países relevantes, dentre eles o Catar" para a abertura de um escritório fora do Afeganistão.

"Nós estamos preparados agora, embora tenhamos uma forte presente no Afeganistão, para termos um escritório político no exterior, para negociações", diz o comunicado, reiterando a afirmação de que todas as tropas estrangeiras devem deixar o país para que a guerra seja encerrada.

O Taleban afirmou que uma de suas demandas é uma troca de prisioneiros, que incluiria a libertação de detentos mantidos em Guantánamo, a instalação militar norte-americana localizada em Cuba.

 

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AfeganistãoTalebanescritóriosCatar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.