Taleban assalta caminhões dos EUA no Paquistão

Cerca de 60 supostos combatentes do movimento fundamentalista Taleban tomaram ontem caminhões que carregavam jipes Humvee e outros suprimentos para tropas norte-americanas no Afeganistão, em um audaz assalto que mostrou a força dos militantes no noroeste do Paquistão, apesar de ofensivas do exército paquistanês e de ataques americanos de mísseis, informaram hoje as autoridades. O assalto ocorreu na entrada do Passo de Khyber e mostrou a vulnerabilidade da vital linha de suprimentos para os 65 mil soldados norte-americanos e europeus que combatem um Taleban fortalecido no Afeganistão. Uma quantidade significativa dos suprimentos para as tropas ocidentais passa pelo Paquistão.Os ataques a comboios que transportam alimentos, combustíveis e outros suprimentos para as tropas são freqüentes na rota, mas o reide, que ocorreu ontem, foi especialmente bem organizado. Os insurgentes mascarados bloquearam a estrada em vários pontos antes de atacar o comboio, disse hoje Fazal Mahmood, oficial paquistanês na região de Khyber.Segundo ele, as forças de segurança trocaram tiros com os insurgentes, mas foram forçadas a se retirar. Os militantes tomaram 13 caminhões e os motoristas foram aprisionados. Acredita-se que todos os motoristas sejam paquistaneses. Um porta-voz militar americano no Paquistão confirmou hoje que os caminhões foram tomados. "Existia algum material militar que foi tomado - veículos Humvee e reboques com água potável", disse.Forças de segurança do Paquistão, apoiadas por helicópteros, iniciaram uma caçada aos caminhões e motoristas desaparecidos. Os militares disseram mais tarde que conseguiram recuperar uma pequena parte do material militar tomado, mas não informaram qual. "Nós estamos usando todos os recursos para localizar e recuperar os caminhões tomados, alguns dos quais levavam veículos para as tropas da coalizão no Afeganistão", disse Fazal Mahmood.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.