Taleban ataca delegacia no Afeganistão e mata um

Em Jalalabad, o comboio de uma vereadora local foi atingido pela explosão de uma bomba, matando o motorista dela

O Estado de S. Paulo

10 de fevereiro de 2015 | 12h09

Uma delegacia de polícia no leste do Afeganistão foi atacada por extremistas do Taleban nesta terça-feira, 10, deixando um policial morto. A explosão de uma bomba numa estrada de Jalalabad atingiu o carro de um vereadora, disseram autoridades.

De acordo com Sediq Sediqqi, porta-voz do Ministério do Interior, um carro-bomba explodiu do lado de fora de uma delegacia de polícia na província nordeste de Kunduz. Logo depois, um suicida detonou os explosivos que levava junto ao corpo. Três outros combatentes morreram em um tiroteio com a polícia. O presidente Ashraf Ghani condenou o ataque. O porta-voz do Taleban, Zabihullah Mujahid, assumiu a ação através de mensagem no Twitter.

Em Jalalabad, uma bomba colocada em uma estrada explodiu no momento em que o carro de Angeza Shinwari, vereadora da província de Nangarhar, passava pelo local. A explosão matou seu motorista e deixou-a gravemente ferida, segundo Ahmad Zia Abdulzai, porta-voz do governador da província. Nenhum grupo havia ainda assumido a autoria do ataque.

Insurgentes talebans têm intensificado os ataques à polícia e soldados afegãos nos últimos meses. Forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dos Estados Unidos encerraram oficialmente sua missão de combate no país no final de 2014, deixando as forças de segurança afegãs no comando da segurança pública. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoataquedelegacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.