Taleban condena estrangeiros à cadeia

O Taleban, entidade islâmica que governa o Afeganistão com leis rigorosas, sentenciou os oito estrangeiros acusados de tentar converter muçulmanos para o cristianismo a passar 10 dias na prisão. Os funcionários de uma ONG - dois americanos, dois australianos e quatro alemães - serão deportados do país assim que tiverem cumprido a pena.Um porta-voz da organização não-governamental (ONG) Shelter Now, a qual peretencem os estrangeiros detidos, disse que o material era de uso pessoal e não havia a intenção de converter muçulmanos. De acordo com a lei taliban, a tentativa de conversão é punida com morte no caso de muçulmanos. Já os estrangeiros são condenados à prisão e são deportados. Ainda não ficou clara a pena que será aplicada aos 16 afegãos que foram presos junto com os funcionários da ONG.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.