Taleban invade hotel na capital afegã e mata 18 pessoas

Homens-bomba ligados ao grupo fundamentalista Taleban atacaram o hotel Qargha Lake, em uma área turística próxima a Cabul, a capital afegã, às 6h00 desta sexta-feira (23h00 de quinta-feira no horário de Brasília). O ataque deixou 18 mortos, incluindo 14 civis, três seguranças e um policial.

AE, Agência Estado

22 de junho de 2012 | 08h52

Segundo o diretor criminal da polícia de Cabul, Mohammad Zahir, os insurgentes invadiram o hotel armados com metralhadoras e lança-granadas, atiraram contra hóspedes que jantavam e fizeram reféns. Ao meio-dia (horário local), os cinco talebans que participaram do ataque foram baleados e mortos, dando fim ao impasse, disseram policiais.

Logo após o ataque, o Taleban assumiu a autoria e, de acordo com seu porta-voz, Zabiullah Mujahid, a investida ocorreu porque dentro do hotel estavam estrangeiros que bebiam e participavam de outras atividades proibidas pelo Islã.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, condenou o incidente, o último numa série de ataques ocorridos esta semana. As informações são da Associated Press e Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
AFEGANISTÃOATAQUEATUALIZA 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.