Taleban mata 3 afegãos por ´espionarem´ para o Reino Unido

Milícias do Taleban enforcaram três afegãos neste domingo, 1, acusando-os de trabalharem como espiões para tropas britânicas da Otan no Afeganistão, disseram habitantes e um comandante do grupo. Os três foram enforcados em árvores, na frente de todos os habitantes da cidade de Musa Qala, ao sul da província de Helmand, parte da fortaleza Taleban e principal região produtora de drogas do Afeganistão, maior produtor mundial de heroína. "Eles estavam espionando para as tropas britânicas e forneceram informações sobre a localização de um de nossos comandantes, que foi morto em um ataque aéreo", disse Nizamuddin, um comandante regional do Taleban, por telefone. Os habitantes disseram que viram três corpos estrangulados na cidade. Retirado do poder em 2003, o Taleban declarou guerra contra as tropas ocidentais ou a qualquer um que os apóie e ao governo do presidente Hamid Karzai. Separadamente, muçulmanos ligados à facção mataram sete policiais numa emboscada ocorrida no sábado, na província de Kandahar, de acordo com a polícia local. O incidente acompanha o aumento da violência empregada por militantes antes de uma já esperada ofensiva nos próximos meses, após um dos anos mais sangrentos desde que o grupo perdeu o poder.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.