Taleban matam 15 agentes de segurança privada no Afeganistão

Comboio de alimento protegido por empresa americana é surpreendido por 60 guerrilheiros

Efe e Associated Press,

18 de dezembro de 2007 | 11h38

Pelo menos 15 agentes de uma companhia privada de segurança dos Estados Unidos morreram e 5 ficaram feridos nesta terça-feira, 18, numa emboscada de insurgentes taleban no Afeganistão, informou uma fonte oficial. O confronto aconteceu no distrito de Bala Bluk, na província de Farah, no oeste do país. Os taleban atacaram um comboio de alimentos protegido por guardas afegãos contratados pela companhia americana USPI, disse o governador provincial, Muhinuddin Baluch. O comboio saiu da cidade de Herat, no oeste do país, e seguia para uma base da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) em Lashkar Gah, capital da província de Helmand, a região mais afetada pela violência em 2007. Segundo o governador provincial, os seguranças foram surpreendido por mais de 60 guerrilheiros. Baluch disse que os taleban sofreram várias baixas, mas não soube informar o número exato. Mais de 6 mil pessoas morreram no Afeganistão vítimas da violência em 2007. O país também foi recordista em ataques suicidas.

Tudo o que sabemos sobre:
TalebanAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.