Taleban nega envolvimento no ataque à Cruz Vermelha

Integrantes do Taleban negaram o envolvimento do grupo nos ataques ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV)no Afeganistão na quarta-feira e declararam que não apoiam esse tipo de ação.

Agência Estado

31 Maio 2013 | 16h41

O grupo afirma que nunca atacou civis ou grupos de ajuda humanitária e que recentemente autorizou a CICV a realizar a vacinação contra poliomielite nas áreas sob controle dos rebeldes.

Na última quarta-feira um homem-bomba explodiu o portão de entrada da sede da instituição e homens armados invadiram o local. Um policial afegão morreu na explosão e sete funcionários estrangeiros foram feito reféns, sendo posteriormente resgatados pela polícia.

Este foi o segundo ataque no período de uma semana a grupos de ajuda humanitária no Afeganistão, o que aumenta a preocupação de que os rebeldes agora considerem essas instituições como principais alvos, junto com as forças de segurança do país. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
AfeganistãoCruz Vermelhaataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.