Taleban paquistanês assume ataque contra delegacia

O Taleban paquistanês assumiu a autoria de um ataque contra uma delegacia de polícia que terminou com a morte de pelo menos dez policiais. O porta-voz do grupo, Ahsanullah Ahsan, disse neste sábado que o ataque no noroeste do Paquistão teve como objetivo, em parte, vingar o ataque norte-americano que resultou na morte de Osama bin Laden, no mês passado.

AE, Agência Estado

25 de junho de 2011 | 14h57

Autoridades disseram que dois atacantes se explodiram, mas o porta-voz do grupo afirmou que um deles era uma mulher. Imagens de televisão mostram esquadrões de segurança vestidos de preto, armados com rifles, tomando posição ao redor da delegacia. Três explosões foram ouvidas dentro do prédio.

Pelo menos 24 policiais estavam dentro do edifício quando os atacantes invadiram o local. Dois oficiais feridos conseguiram sair. "Nosso povo está sendo morto lá dentro", disse o policial Jan Mohammad, que estava sangrando e foi rapidamente levado pela equipe de resgate. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoviolênciaataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.