K.M. Chaudary/AP
K.M. Chaudary/AP

Taleban paquistanês ataca polícia e deixa nove mortos

Alvos eram recrutas que estavam treinando para serem guardas de prisão

AE, Agência Estado

12 de julho de 2012 | 09h15

LAHORE, PAQUISTÃO - Pelo menos seis membros do Taleban atacaram um alojamento de policiais na cidade de Lahore, leste do Paquistão, nesta quinta-feira, 12, e mataram nove pessoas. Os alvos dos homens armados eram recrutas que estavam treinando para tornarem-se guardas de prisão, disse o chefe de polícia da província de Punjab, Habibur Rehman.

Veja também:

linkAtirador mata 18 passageiros de ônibus no Paquistão, diz polícia

linkDrone americano mata quatro militantes no Paquistão

forum CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

O porta-voz do Taleban no Paquistão, Ahsanullah Ahsan, assumiu a responsabilidade pelo atentado, dizendo que é uma vingança pela tortura que seus integrantes sofreram na prisão. Ele conversou com a Associated Press por telefone de um local desconhecido.

Os policiais atacados eram vieram da província de Khyber Pakhtunkhwa, noroeste do país, local que já serviu de base para o Taleban. Em 2009, o Exército paquistanês lançou uma ofensiva na região e muitos militantes foram presos.

O Taleban paquistanês vem travando uma insurgência sangrenta contra o governo nos últimos anos, exigindo o fim das relações diplomáticas com os Estados Unidos e o estabelecimento da lei islâmica no país inteiro, Os militantes mataram milhares de soldados, policiais e civis em ataques.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoatentadoTalebanmortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.