Taleban pede a Bin Laden que saia do Afeganistão

As autoridades afegãs disseram ontem que entregaram ao terrorista saudita Osama bin Laden, principal suspeito dos atentados do dia 11 contra o World Trade Center, em Nova York, e o Pentágono, em Washington, uma mensagem pedindo a ele que abandone o Afeganistão "voluntariamente". Abdul Zaeef, embaixador do Taleban, afirmou que Bin Laden foi notificado da decisão do Conselho dos Sábios. Inicialmente, o Taleban alegava não conhecer o paradeiro do terrorista, cuja entrega tem sido exigida pelos EUA, sob ameaça de atacar militarmente o país. Zaeef esclareceu, no entanto, que Bin Laden permanece em território afegão. "Não perdemos Osama de vista, mas ele está longe dos olhos do público". O Paquistão envia hoje a Cabul uma missão para tentar convencer o regime a entregar Bin Laden a Washington.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.