Taleban preenche vaga de nº 2 morto por drone

O Taleban paquistanês escolheu o substituto de seu vice-líder, Wali ur-Rehman, morto na quarta-feira em um bombardeio. Três fontes do grupo disseram que o novo número 2 é Khan Said, de 38 anos, braço direito do dirigente morto. Ele participou do planejamento de atentados como o de 2011 contra uma base naval paquistanesa, em Karachi, e de uma rebelião carcerária de 2012, em que 400 militantes fugiram. "Houve absoluto consenso sobre Said", disse um membro do Taleban paquistanês.

O Estado de S.Paulo

31 Maio 2013 | 02h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.